UMA HERANÇA INCONSCIENTE

sampaio“O pressuposto essencial da vida em sociedade é o da mútua dependência, a qual, sem embargo dos eventuais aspectos negativos, possibilita e condiciona o desenvolvimento das virtualidades de cada um; mesmo quando se traduzem na crítica, mais ou menos agressiva, dos valores em cujo horizonte a pessoa veio à luz da vida, dos afectos e da razão. Com efeito, é no modo como recebemos, assimilamos e aperfeiçoamos essas influências que nos assemelhamos e distinguimos uns dos outros. Daí resulta que, conforme se ascende na escala humana, mais subtis sejam as formas de comunicação; razão pela qual se fala em congenialidade a propósito das afinidades entre homens superiores; as quais, no limite, escapam aos métodos positivos da análise.” Ler AQUI, na íntegra, o artigo de Joaquim Domingues, já publicado no Diário do Minho, no passado dia 5.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s