UM INÉDITO DE AGOSTINHO DA SILVA PARA «CONFLUÊNCIAS», QUINTO VOLUME DOS «CADERNOS DE FILOSOFIA EXTRAVAGANTE»

Imagem 3 painel núcleo 4

“Taxinomia e caça são, efectivamente, duas qualidades distintas e é bom que tenha sido o mundo provido das duas raças de trabalhadores; pena que tão frequentemente rosnem uns contra os outros, sem se reconhecerem companheiros e sem quererem confessar, posto que muitas vezes o aceitem, que uns aos outros se ajudam, por aquilo a que na história dos organismos se vai chamando de retroacção positiva…”

O excerto é transcrito de um texto inédito assinado por Agostinho da Silva, e datado de “Belém de Cachoeira, 7.3.68”.  Pelo tom prefacial e pelas referências à estrutura da obra e ao seu teor, ficamos a saber que se pronuncia sobre um livro, hoje não identificável, e provavelmente perdido, que António Telmo teria pronto para publicação durante os seus anos brasilienses. O maniqueísmo, o priscilianismo e o culto do Espírito Santo são alguns dos topoi por onde já então vogava o filósofo da razão poética, deixando adivinhar a gesta gloriosa do Desembarque dos Maniqueus na Ilha de Camões.  Uma pérola engastada no próximo volume dos Cadernos de Filosofia Extravagante

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s